Nublado

Máximo: 32º

Mínimo: 23º

21 de Outubro de 2017

Ramo Saúde terá Conhecer para Cooperar

ramosaude

Quanto maior o nível de conhecimento do governo, órgãos de regulação, bancos e entidades da sociedade civil organizada a respeito da atuação das cooperativas brasileiras, mais favorável é o cenário para que elas se desenvolvam e continuem trazendo ao país sua contribuição social, econômica e ambiental.

E é com a intenção de ampliar o conhecimento dos formuladores de políticas públicas a respeito do movimento cooperativista, que o Sistema OCB, realizará uma nova edição do projeto Conhecer para Cooperar, com foco no Ramo Saúde. A ideia é apresentar a governança, as estratégias de gestão e, ainda, conceitos essenciais e desafios enfrentados pelo setor de saúde cooperativista.​

Públic-alvo

O projeto tem como público-alvo representantes do Ministério da Saúde, do Conselho Federal de Medicina e também de Odontologia, da Agência Nacional de Saúde Suplementar, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, do Conselho Nacional de Justiça, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, e da Ordem dos Advogados do Brasil.

Metodologia

A série de reuniões começa em dezembro e terá como parceiro a Faculdade Unimed, que será a responsável pela metodologia de ensino e desenvolvimento do curso. A Instituição de ensino superior do Sistema Unimed, detém a maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil.

Em função dessa expertise, a Faculdade está desenvolvendo a parte teórica do projeto que está dividida em quatro módulos, tem duração de 24 horas de aulas presenciais e ocorrerá entre os dias 7 e 8/12, em Brasília.

O objetivo é promover, ao longo do curso, um nivelamento teórico, a fim de intensificar a compreensão do modelo de negócio cooperativista, sua relevância econômica e seu impacto social. Haverá também uma etapa prática, momento em que os participantes terão a oportunidade de realizar contatos diretos com cooperativas de saúde, incluindo visitas a cooperativas do Sistema Unimed dos seguintes estados: Ceará, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Paraná e Santa Catarina. As visitas ocorrerão em 2018.

Vitória

Para o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, o projeto Conhecer para Cooperar é uma excelente oportunidade de o cooperativismo mostrar sua capacidade de contribuir social, ambiental e economicamente com o país.

“Esse projeto possibilitará uma troca de boas práticas e uma rodada importante de informações entre os agentes públicos e financeiros com as cooperativas de saúde. É fundamental promovermos a ampliação do nosso diálogo com esses agentes, pois, muitas vezes, a política pública não é a mais adequada ao setor, por falta de conhecimento técnico. Por isso, nossa intenção é contribuir com as pessoas que pensam e desenvolvem as regras do jogo, para que, no final, o Brasil seja o grande vitorioso”, comenta Márcio Freitas.

Desafios

Ary Célio de Oliveira, Executivo de Desenvolvimento e Responsabilidade Social da Fundação Unimed, mantenedora da Faculdade Unimed, pontua que o setor de saúde brasileiro, não só as cooperativas que nele atuam, enfrenta grandes desafios para garantir sua sustentabilidade econômico-financeira e sua capacidade assistencial.

“O cooperativismo de saúde tem buscado atacar todos os pontos nevrálgicos do setor da saúde suplementar. Nesse contexto, é fundamental que avancemos nos marcos regulatórios do setor, considerando as especificidades e potencialidades das cooperativas de saúde brasileiras”, conclui.

Com informações do Sistema Unimed.

Data: 09/10/2017 | Por: OCB