Nublado

Máximo: 32º

Mínimo: 21º

24 de Março de 2019

Retrospectiva, não! Novos planos

Marcio Lopes__créd_Flora Egécia__

O cooperativismo é a resposta para muitas dúvidas ou questões econômicas do país. Por meio de seus princípios e valores, todo mundo que se dedica ao negócio tem oportunidades iguais e, assim, contribuem para o desenvolvimento do Brasil. E, num cenário político que se inicia a partir do dia 1º de janeiro, nada melhor do que a prática da cooperação para mostrar que é possível, sim, construir um mundo mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos os brasileiros.

É por isso que o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, em seu artigo publicado na revista Saber Cooperar deste mês, convida todos os cooperativistas do país a mostrar aos novos integrantes dos Três Poderes da República, o quanto vale a pena cooperar. Confira!

Amigo cooperativista,

É hora de olhar pra frente! Em janeiro, um novo presidente e seus ministros tomarão posse. Entre eles está Tereza Cristina, futura ministra da Agricultura que entende a importância do cooperativismo para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Ela falou conosco, com exclusividade, sobre os desafios que a esperam à frente da pasta. Questionada sobre o que planeja para as cooperativas, destacou: “Hoje, as cooperativas têm um papel pujante no crescimento econômico e social do país com enorme representatividade no Congresso Nacional. Para o campo, elas também são o motor do progresso.

Promovem oportunidade, geram renda e desenvolvimento sustentável”. Para nós, cooperativistas, palavras como as de Tereza Cristina são uma motivação a mais para trabalharmos, juntos, pela construção de um Brasil mais forte e mais sustentável. E não apenas no campo, já que as cooperativas também estão presentes, e com cada vez mais força, nas grandes cidades. Hoje, o DNA da cooperação já faz parte das vidas de milhares de brasileiros que confiam suas economias, sua saúde, a educação de seus filhos e a criação de novos produtos e serviços às nossas cooperativas.

Também em 2019, no mês de fevereiro, começa uma nova legislatura no Congresso Nacional. E com ela, novas oportunidades de atuação para a Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop). Queremos estreitar ainda mais nossos laços com deputados e senadores para garantir que a pauta cooperativista tenha o merecido destaque nessas Casas. E um pouco do que já temos feito nesse sentido pode ser visto na matéria Novos Rumos na Política.

Outro propósito para o ano que começa é a aproximação com os membros do Poder Judiciário. Afinal, sabemos que — como entidade de representação, defesa e desenvolvimento das cooperativas brasileiras — precisamos manter um bom diálogo com os Três Poderes da República.

Esta edição traz, ainda, uma matéria especial sobre a força das mulheres cafeicultoras que, no Espírito Santo, se uniram para criar uma marca de conilon 100% feminina: a Póde Mulheres, café especial que já conta com o recém-lançado carimbo SomosCoop — mais um projeto da Casa do Cooperativismo criado para fortalecer nosso movimento e aumentar ainda mais, em cada um de nós, o orgulho de ser cooperativista.

Aproveito esse espaço, também, para desejar um Feliz 2019 para você, para seus familiares e para todos os cooperados e colaboradores da sua cooperativa.

MÁRCIO LOPES DE FREITAS

 

Fonte: Revista Saber Cooperar (edição nº 24)

Data: 21/12/2018 | Por: OCB